Torrent no Raspberry PI

Bom dia!!

Hoje tentarei explicar e exemplificar como é feita a instalação de um aplicativo de Download de Torrent.

Antes de mais nada vou tentar explicar o que é um arquivo torrent, pois ao escrever este post eu não conhecia a real definição deste arquivo.

Hoje em dia, é muito comum ouvir ou encontrar arquivos de todos os tipos e tamanhos sendo compartilhados pela internet através de arquivos torrent. Só que ainda existe um grande público que não faz ideia do que “torrent” realmente significa, muito menos como um arquivo de poucos KB (Kilobytes) pode trazer outro de diversos GB (Gigabytes).

A lógica do torrent é a seguinte: a Primeira pessoa a disponibilizar um arquivo para download é conhecida como o Primeiro seed. Uma segunda pessoa baixa este conteúdo e também passa a disponibilizá-lo, tornando-se mais um seed. Basicamente, quanto mais seeds houver de um mesmo arquivo, mais rápidos e eficientes serão os downloads, pois mais pessoas estarão disponibilizando o mesmo.

Arquivos torrent

Torrent é a extensão de arquivos utilizados por um protocolo de transferência do tipo P2P (Peer to Peer). Essa transferência acontece da seguinte maneira: os arquivos transferidos são divididos em partes e cada pessoa que tem tal arquivo ajuda a fazer o upload a outros usuários. Isso reduz significantemente o consumo de banda do distribuidor original do arquivo, não sendo necessário que o mesmo fique armazenado em um servidor.

Para compartilhar esses arquivos, é necessário usar um programa específico, conhecido como cliente. Ele obtém as informações contidas nos arquivos e se encarrega de toda a comunicação entre os usuários.

Como funciona

Para baixar via torrent, você não pesquisa diretamente os arquivos que deseja. O primeiro passo é pesquisar o arquivo torrent que contenha essas informações. Ao abrir este arquivo com um programa compatível (ou seja, cliente), você vai visualizar todo seu conteúdo e pode baixar somente aquilo que desejar.

Diferentemente de transferências via HTTP, um cliente torrent faz diversos pedidos em diferentes sockets (pontos finais de uma rede, ou seja, a localização de um arquivo). Isso significa mais de uma fonte para você baixar. Outra diferença é que o protocolo torrent baixa de uma maneira não sequencial e vai “montando” o arquivo como se fosse um quebra-cabeça, juntando as diferentes partes dos arquivos baixados.

Basicamente, todas as pessoas que baixaram o torrent enviam pedaços dele para outras. No final do download, o cliente unifica os pedaços, criando o arquivo que você queria baixar.

Quais são os clientes de torrent?

Há diversos clientes torrent que você pode usar para transferir e compartilhar seus arquivos. Um dos mais utilizados hoje em dia é o µTorrent, por ser um dos mais leves e eficazes do mercado.

Para o Raspberry Pi temos o Cliente Tramission -Daemon onde nos próximos passos estarei explicando como é feita a instalação e a utilização!

Procurando torrents para baixar

Há diversos sites onde os usuários disponibilizam seus arquivos torrent. Porém, como o número desses serviços é crescente, foi criado outro tipo de serviço: o de pesquisar arquivos nesses sites sem a necessidade de vasculhar um por um. Entre alguns dos mais populares estão o Pirate BayYouTorrent e o Torrents.to .

O que eu mais utilizo é o Pirate Bay, sempre com boas fontes e arquivos atuais.

Torrents e a pirataria

Por causa da popularização de sites como o The Pirate Bay, muitas pessoas, erroneamente, associam torrents à pirataria. Torrent nada mais é do que uma forma de compartilhamento de arquivos utilizada por organizações sérias. Um bom exemplo do uso de torrent como forma de divulgação é o Ubuntu, que tem suas novas versões disponibilizadas para download em HTML e torrent.

Ligar torrent à pirataria é uma atitude equivocada e que apenas cria um estigma em cima de uma tecnologia que cresce a cada dia e tem potencial para mudar permanentemente a maneira como é realizada a troca de arquivos na internet.

(Texto retirado de http://www.tecmundo.com.br/torrent/166-o-que-e-torrent-.htm#ixzz2NEoh6LpF)

Instalação do Transmission-Daemon

Para instalar o Torrent client em seu Raspberry Pi é necessario seguir os passo abaixo:

1) Instalando o transmission-daemon

$ sudo apt-get install transmission-daemon

Install transmission-daemon

2) Configurando Transmission-Daemon

$ sudo service transmission-daemon reload

reload

 

3) Acessar o arquivo Settings.json para informar onde os arquivos serão gravados

Settings.json

$ sudo nano /etc/transmission-daemon/settings.json

4) Editando o arquivos de Settings.json

Nesta etapa você deve configurar qual o destino de gravação dos seus arquivos, usuário e senha de acesso para acessar o ambiente para incluir e acompanhar o progresso do download, existem diversas configurações que podem ser feitas nesta etapa. Porem no meu caso só alterei as configurações abaixo:

Procure as linhas abaixo:

"download-dir": "/home/pi/USB",
"incomplete-dir": "/home/pi/USB",

"rpc-password": "myPassword",

"rpc-username": "transmission",

Apos a edição do arquivo clicar –> Crtl + X –> Y (Yes) –> Enter

$ sudo service transmission-daemon reload

5) Reiniciar a aplicação para as mudanças serem aceitas

 

$ sudo service transmission-daemon restart

6) Para conhecer seu ambiente para incluir e acompanhar os Downloads, você precisar identificar qual o IP a sua rede para o Raspberry PI.

Este IP é facilmente descoberto através do comando: $ sudo ifconfig

7) Com o numero do IP, digite no navegador e acrescente o “:9091”

Segue o exemplo abaixo: http://192.168.1.X:9091

Ao acessar será solicitado uma usuario e uma senha que foram definidos no passo 4)

No exemplo: Usuario: transmission / Senha: myPassword

8) Visual do Transmission-Daemon

 

Interface Visual Transmission Daemon

 

Caso necessitem de ajuda, estarei a disposição para contribuir com minhas experiencias positivas!

Espero que tenham gostado, um Grande Abraço Bruno.

Anúncios

Um comentário sobre “Torrent no Raspberry PI

  1. Boa tarde!

    Muito bem explicado o tutorial, parabens!!!

    Agora uma dúvida básica.

    Como faço para definir vários usuários, cada um com sua respectiva senha e diretório específico?

    Obrigado, valeu!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s